Parras Wines
Select your language:
Seja Responsávelbeba com moderação
Possui idade legal para consumir
Bebidas Alcoólicas?
Sim
Não
A sua idade não permite aceder ao site devido a restrições legais

Parras Vinhos conquista ouro para Lisboa, Alentejo e Douro

"Entre o admirável número de medalhas de ouro que os vinhos portugueses arrecadaram na última edição da Mundus Vini estão três que pertencem à Parras Vinhos. Lisboa, Alentejo e Douro são as regiões galardoadas, com os seus Reserva Branco 2014 Quinta do Gradil, Reserva Tinto 2014 Montaria e o Grande Reserva Desafinado 2012, respetivamente. Portugal foi o terceiro país mais premiado nesta edição de Primavera 2016, daquela que é já considerada a maior competição de vinhos da Alemanha.

A Parras Vinhos, empresa especializada na produção e seleção de vinhos de qualidade, tem vinhas próprias na Região de Lisboa, mais exatamente na Quinta do Gradil. É daqui que saem os Quinta do Gradil, os Castelos do Sulco e os Mula Velha. Mas, para além de terra na Região Vitivinícola de Lisboa, a empresa também é proprietária de uma Herdade no Alentejo, mais exatamente no Redondo. Desta Herdade vão sair em breve alguns vinhos terroir, mas é também por lá que são produzidos outros “alentejanos”, como por exemplo o Montaria agora premiado.

Paralelamente às regiões onde a PARRAS tem propriedade, a empresa é também responsável pela exploração da Casa das Gaeiras, em Óbidos. Através da sua unidade de negócio - PARRAS PARTNERS – tem ainda parcerias com produtores locais de outras zonas vitivinícolas do país, para dar resposta às necessidades globais do mercado. É assim que surge o Desafinado Grande Reserva 2012, do Douro. A equipa de enólogos e viticultores da PARRAS acompanha de perto o trabalho destes produtores locais ao longo de todo o ano, durante o ciclo completo da videira, desde o período de repouso até à época da vindima. É desta forma que a empresa garante a produção de néctares de qualidade superior.

Reserva Branco Quinta do Gradil, 2014: A vindima deste néctar foi feita à mão e a escolha das uvas foi feita de forma criteriosa, cacho a cacho, para que ficassem apenas os melhores. A combinação de Chardonnay e Arinto deu origem ao Branco Reserva Quinta do Gradil, que após uma prensagem suave e fermentação em barricas de carvalho francês, passou por um processo de battonage sur lie durante noventa dias. Esta harmonia de fatores deu origem a um vinho muito equilibrado e bem estruturado. Na prova o Branco Reserva apresenta uma estrutura aromática elegante com notas delicadas de frutos citrinos e mineralidade.

Reserva Tinto Montaria, 2014: Este tinto alentejano com aroma a frutos vermelhos e notas finas de tabaco, que estagiou em barricas de carvalho francês e em barricas de carvalho americano, é o segundo a surgir dentro da gama de tintos da marca que fica completa com um Colheita e um Grande Escolha. Produzido a partir das castas Syrah, Trincadeira e Aragonez e selecionado a partir das melhores barricas da colheita de 2013, este Reserva Tinto tem merecido galardões em concursos internacionais de referência para o sector dos vinhos. Esta harmonia de fatores deu origem a um vinho muito equilibrado e bem estruturado. Na prova o Branco Reserva apresenta uma estrutura aromática elegante com notas delicadas de frutos citrinos e mineralidade.

Desafinado Grande Reserva, DOC Douro 2012:  Vinho de nariz exuberante a fruta bastante madura, com notas de tosta ligeira. Na boca os seus taninos estão bem envolvidos, com ligeira doçura frutada, acidez moderada e final intenso.Elaborado a partir das castas Touriga Franca, Tinta Francisca e Tinta Barroca, este vinho resulta da escolha criteriosa das melhores uvas que crescem nas encostas do Douro. Após maceração a frio durante 24 horas, a fermentação decorreu durante oito dias, em pequenas cubas de inox a 25ºC, de modo a preservar o seu carácter frutado. O vinho estagiou 24 meses em barricas de carvalho francês."

in: Ver Portugal Online - 22-03-2016